SEJA HYPE VOCÊ TAMBÉM

Conheça o potencial da tequila, destilado que não sai de moda

¡Ay, Caramba! Muito além do sal e limão, a tequila revela-se um sucesso de público. Uma opção certeira para comemorar entre amigos!

0 265

Tequila é o combustível para as festas e comemorações entre amigos. Consumida na maioria das vezes como shot com sal e limão, a bebida sempre faz sucesso por onde passa. Esse destilado é muito versátil e muitas de suas peculiaridades são desconhecidas pelo grande público. Hype conversou com Leonardo Brettas, gerente comercial da America Latina e Caribe de 1800 Tequila, que nos contou todas as curiosidades sobre universo da tequila.

Blanco, Reposado, Añejo e Extra Añejo

Existem dois tipos do destilado. A tequila é mistura de blends de açúcares neutros e açúcar proveniente do agave azul, e a tequila 100% agave, que, como o nome já diz, é proveniente apenas do açúcar do agave azul.

Dentre esses dois tipos há as categorias, Blanco ou Silver, não é envelhecida e que pode descansar por no máximo 2 meses; Reposado, envelhecida no barril de carvalho de 2 meses a 1 ano; Añejo, envelhecida no barril de carvalho de 1 a 3 anos; e Extra Añejo, envelhecida mais de 3 anos­. No Brasil o tipo mais conhecido e consumido é o reposado.

Vida além do shot!

Não é errado beber a tequila como shot, porém existem diversas formas de apreciar o destilado. Na coquetelaria ela é muito versátil, e dá o toque especial a drinks como Margarita, Paloma, Maria Sangrenta, Old Fashioned, dentre outros.

No México é muito comum que a Tequila seja degustada como acompanhamento de outras bebidas, como por exemplo a cerveja, ou também on the rocks, com uma fatia ou casca de limão – forma também muito apreciada nos Estados Unidos.

Temperatura ambiente?!

Nos bares e casas noturnas brasileiras a tequila em shot é sempre servida em temperatura ambiente, porém essa não é a melhor maneira. “O shot deve ser bem gelado, dessa forma o sabor fica mais agradável, refrescante e melhor, além de diminuir a sensação do gosto etílico” comenta Leonardo.

Splash na tequila?!

O “splash” é uma técnica muito usada para os destilados. Ao pingar algumas gotinhas de água no copo o aroma da bebida se abre fazendo com que fique mais aparente cada nota que ele possui. Não é errado usar essa técnica com a tequila também, no entanto o mais recomendado é experimentar com outra bebida cítrica, pois deixa o sabor mais suave.

Fabricada no Brasil?

Mito! Tequila para ser reconhecida como tal precisa ser fabricada no México em uma área demarcada com denominação de origem controlada. O estado de Jalisco é o principal produtor da bebida no país, pois é lá que se encontra a maior produção de agave azul.

Tequila | Revista Hype

Para curar a gripe?

No México existem várias lendas sobre o porquê da tequila ser bebida com limão e sal. Porém a mais conhecida delas é a de que houve uma epidemia muito forte de gripe no país. Os médicos passaram a receitar a bebida com limão e sal para curar a doença.

Tequila e Mezcal, tudo igual?

Muita gente confunde a tequila com o mezcal, mas cada um tem suas características. “Diferente da primeira que só é produzida com agave azul, o mezcal tem em sua composição um blend com vários tipos de agaves. A preparação dos dois também são distintas, já que o agave de tequila é cozido no vapor e do mezcal é assado, característica que proporciona o sabor defumado dele”, afirma Leonardo.

Assim como a tequila, o mezcal também é de denominação de origem e só pode ser produzido em alguns estados demarcados no México. Outra característica que difere os dois destilados é que o Mezcal é destilado apenas uma vez e a tequila duas vezes” completa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.