SEJA HYPE VOCÊ TAMBÉM

Documentário da Avon está dando o que falar

Tendo como foco a questão de gênero, o documentário da Avon, Repense o Elogio, gera reflexão

0 478

Esta e outras questões mobilizaram a Avon – empresa líder mundial no mercado de beleza –  a lançar o documentário Repense o Elogio, voltado para a reflexão sobre a maneira como a sociedade elogia suas crianças. Além disso, com a campanha, a Avon (www.avon.com.br/) quer estimular pais, educadores e adultos, em geral, a ampliarem seu vocabulário de elogios direcionados às meninas para além da aparência física.

Dirigido por Estela Renner – cineasta aclamada por outras produções relacionadas a temáticas da infância, entre elas a premiada O Começo da Vida e Muito Além do Peso, o filme da Avon, de 46 minutos envereda por vários temas correlacionados, da construção da autoestima das crianças às formas diferenciadas como, de maneira geral, a sociedade cria meninos e meninas.

Avon diz não aos estereótipos

É importante aprofundarmos a discussão sobre a desigualdade de gêneros na infância se queremos que a igualdade venha na maior velocidade possível”, diz David Legher, presidente da Avon. “Este documentário é a nossa contribuição para que mais pessoas parem para refletir sobre a forma como todos nós, inconscientemente, limitamos as possibilidades da mulher ao elogiarmos nossas meninas na maior parte das vezes por seus atributos físicos, desde muito cedo”.

Disponível gratuitamente em www.repenseoelogio.com.br, o documentário é parte de um projeto global da Avon que começa pelo Brasil. Como ponto de partida, foi conduzida uma pesquisa online em várias regiões do país para checar quais adjetivos eram os mais lembrados na hora de elogiar cada um dos sexos.

Leia Mais...
1 of 8

Cena do documentário da Avon,  que ouviu crianças de ambos os sexos
Ela, linda princesa, ele, esperto e corajoso

Segundo pesquisa da Avon, quase 80% das palavras utilizadas pelos adultos para elogiar meninas estão relacionadas à aparência, como linda, bonita, princesa. Já para os meninos, 70% referem-se a habilidades, como esperto, inteligente, corajoso.

 Inconscientemente, a maioria dos adultos elogia meninos e meninas de forma diferente e, apesar de parecer inofensivo, os elogios têm um poder enorme de estabelecer normas e condicionar quem os está recebendo. Se por um lado os elogios nos motivam, por outro eles também nos limitam e é por isso que essa campanha é tão importante: porque nos mostra como cada um de nós, por meio de ações simples, acaba ajudando a perpetuar estereótipos ou romper barreiras”, explica Gabriela Tebet, pedagoga e pesquisadora de temas ligados à infância ouvida pela Avon.

Não há qualquer problema em chamar uma menina de linda, mas esse não pode e nem deve ser sua única qualidade. É preciso, portanto, ampliar o repertório de elogios e lembrar que meninas e também meninos são lindos, inteligentes e muito mais que apenas isso”, enfatiza a pedagoga.

Leave A Reply

Your email address will not be published.