SEJA HYPE VOCÊ TAMBÉM

Moda consciente: uma lição em cinco passos

Moda sustentável

0 34

A moda é tão fofa, não? Pois é… Muita gente diz que entende de moda, e alguns acham até que “moda é tudo!.”  Mas poucos sabem que a moda é considerada, hoje, a terceira indústria mais poluente do mundo. Ela perde apenas para a  indústria da pecuária e do petróleo. Com esta você não contava, não?

Pois, anime-se! Hoje, é possível encontrar peças bonitas, bem- feitas, e que não agridem o meio ambiente durante o processo de produção. Tudo isso graças à tecnologia, à criatividade e à consciência dos designers.

Luana Goldstein: mais vale ter boas peças, com história,sem excessos

Luana Goldstein, estilista formada pela Felicidad Duce Barcelona, lista a seguir cinco razões para que você comece a se vestir de forma mais sustentável. Luana é e diretora criativa da Mumo, marca paulistana criada em agosto de 2017, e que tem como proposta escolher a cada ano uma causa socioambiental para apoiar.

 1 – Reflita antes de fazer uma compra

Pense em quanto tempo aquela peça vai durar e quantas vezes você vai usá-la. Você quer uma moda fugaz? “Analise o que já existe no seu guarda-roupa e com o que você pode combiná-la. Ela, muitas vezes, vai complementar ou fazer você criar um look novo, sem precisar comprar demais”, explica Luana

2 – Preste atenção nos materiais

Dê preferência a tecidos orgânicos, como o algodão, ou que sejam de reuso, evitando o desperdício. A isso dá-se o nome de  moda consciente. “Os nossos materiais seriam descartados, como o veludo, um dos destaques da nossa coleção de inverno”, diz a especialista.

3 – Em moda, qualidade deve superar quantidade

Ao invés de ter um armário lotado com roupas da moda ou tendências passageiras, escolha poucas opções de maior durabilidade. A estilista endossa a afirmação: “É mais válido ter boas peças, com história, e que tenham sido feitas por uma mão de obra qualificada e bem remunerada”.

Leia Mais...
1 of 20
4 – Conheça a história da marca

Pesquisar como a empresa nasceu e de que forma as roupas são produzidas é importante para entender quais impactos ela provoca na sociedade e no meio-ambiente. “No nosso site, temos informações sobre como e por quê criamos a Mumo, além dos nossos objetivos. Um deles é fazer com que boas roupas sejam acessíveis a todos”, diz Luana.

5 – Saiba para onde seu dinheiro vai

Você prefere que ele vá para grandes corporações, ou que ajude a uma instituição socioambiental? A Associação Mata Ciliar é a beneficiada pela marca paulistana e, a cada roupa vendida, R$14, 00 são doados ao projeto, que recupera nascentes de água com o plantio de mudas nativas. É a moda solidária.

 

 

 

 

Looks da Mumo: marca tem compromisso com causas socioambientais
Sobre a Mumo

Startup de moda cuja missão é trazer, a cada ano, uma causa socioambiental, colocando-a no centro de tudo o que faz, a Mumo nasceu em agosto de 2017. A marca se propõe a contribuir com a diminuição do impacto da indústria da moda em toda sua cadeia produtiva. Leia-se materiais, mão de obra justa, operações e doações de parte do faturamento para ONG. Além do e-commerce próprio, as peças da Mumo estão à venda na Dafiti, Zatini e, em breve, em outros players de alcance mundial.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.