SEJA HYPE VOCÊ TAMBÉM

O vinho certo para o jantar dos namorados

0 110

O Dia dos Namorados está chegando, e não há dúvidas de que vinho, paixão e frio são a combinação perfeita!

O presente é de praxe, esse não tem nem desculpa pra gente esquecer, mas se a ideia for surpreender ainda mais o amado, ou a amada, um jantarzinho especial, com certeza, arrancará suspiros!

Se a ideia for jantar fora, certamente você terá a orientação de algum sommelier do restaurante para ter a harmonização perfeita. Mas se você optou por fugir das famosas filas, no Dia dos Namorados, e resolveu fazer o próprio jantar, precisará, então, do vinho perfeito, além, é claro, de todo o resto, até porque uma decoração temática também tem o seu valor.

A primeira dica para a escolha do vinho é levar em conta todos os ingredientes do prato que será servido. O ideal é identificar o elemento chave, por exemplo: se for peixe, sabemos que a tendência para a combinação é a de um vinho branco, mas o que vai definir mesmo qual vinho serão os temperos utilizados. Se tiver muito coentro, opte por um vinho mais ácido e herbáceo, como o Sauvignon Blanc. Mas se esse peixe vier um molho mais cremoso, um bom Chardonnay poderá, perfeitamente, dar conta do recado.

No caso das carnes, vá de vinho tinto. Se for uma carne mais gorda, como a picanha, procure um vinho com mais tanino como o Cabernet Sauvignon, ou um Tanna. Este contraste é ideal. Agora, se for um filé mignon ou um lagarto, um Malbec irá atender perfeitamente. Ah, e não se esqueça do vinho de entrada, e de um, também, para a sobremesa. O vinho vai manter o clima quente e romântico, que é tudo o que a gente quer para esse dia, não é mesmo?

 

Alguns rótulos e onde encontrar

Espumante Filipa Pato 3B, Rosé Brut

Os homens podem não gostar do vinho rosé, mas se a ideia é agradar à amada, esse espumante é perfeito. Sirva para recepcionar ou acompanhar a entrada.  O espumante Filipa Pato 3B Rosé, é intenso, fresco, frutado e cremoso, elaborado pelo método tradicional, e traz as principais uvas da região da Bairrada, em Portugal. São as uvas Bical e Baga, o outro B é de Bairrada, o nome da região. A cor é linda e o perlage delicado e persistente. Vai harmonizar bem com ceviche, peixe assado, carpaccio, canapés e bruschettas

Preço: na faixa de R$ 80

Onde encontrar: Espaço D.O.C

“Naranjo 2016, Maturana Wines” – O Naranjo não é nem branco, nem tinto, é laranja! Esse rótulo deu o que falar na seleção do guia descorchados deste ano, e não é pra  menos:  ele também vai dar o que falar na sua mesa de jantar. É um vinho que chama logo a atenção pela cor, que, por sinal é linda! A uva é a Torrontel, uma uva branca, mas por conta da utilização de ânfora de barro na vinificação, a cor fica assim,alaranjada. É encorpado, e quase lembra um vinho tinto, mas na boca já tem todo o frescor e mineralidade de um vinho branco. É uma delícia.

Preço: na faixa de R$ 159

Leia Mais...
1 of 9

Onde encontrar:  Villa Vino Vinhos

“Masson Dubois Bourgogne Pinot Noir”

Se o jantar for puro requinte, esse é o vinho certo, porque nada como um Pinot Noir da Borgonha pra imprimir mais emoção na noite. É um vinho francês, fácil de achar,  com um preço razoável. Cor vermelho rubi e muito brilhante, ele tem aroma de frutas vermelhas e flores, e na boca é muito equilibrado, com um leve final adocicado.

Preço: na faixa de R$ 85

Onde encontrar: Sam’s Club

“Uxmal, Syrah e Malbec, 2014” Esse é uma opção de tinto mais encorpado. Vale para acompanhar aquela carne suculenta que citei lá em cima. É um vinho super   equilibrado, de paladar agradável, rico e concentrado.

Uxmal é o projeto da famosa bodega argentina Catena Zapata. A proposta é elaborar vinhos bons e com menor preço, e esse rótulo confirma que eles alcançaram bem o objetivo.

Na faixa de: R$ 55

Onde encontrar: Site da Mistral

“Apothic Red Blend, 2013” Vinho californiano, um blend de Zinfandel, Syrah, Merlot e Cabernet Sauvignon. Perfumadíssimo, macio, com notas de chocolate e cereja, o retrogosto é adocicado e persistente. Se quiser impressionar ainda mais, dá até pra contar a história do nome do rótulo. Ele se chama Apothic, porque foi inspirado em uma “apotheca”, um lugar misterioso na Europa, onde eram realizados os assemblages e o armazenamento dos vinhos no século XIII.

Preço: na faixa de R$ 80

Onde encontrar: Supermercados Perim

Leave A Reply

Your email address will not be published.