SEJA HYPE VOCÊ TAMBÉM

Ronaldo Fraga provocativo na passarela da Bienalsur

Ronaldo Fraga acaba de exibir, em Buenos Aires, criações contra a xenofobia

0 20

Ronaldo Fraga foi além da crítica à xenofobia, valorizando em seu desfile na Bienalsur, as raízes dos imigrantes e povos originários da América do Sul.

A bienal , que teve início em setembro último, acontece em 16 países, simultaneamente, com mais de 100 exposições. Nelas destacam-se de arte urbana, performances e mostras de vídeos, às coleções de importantes museus.

A bienal responde a questões como “A moda pode ser abordada como meio de expressão de “arte contemporânea”? Pode servir para pensar a realidade? Na sua busca pela transversalidade na arte, a Bienalsur – Bienal Internacional de Arte Contemporânea – diz que sim. E aposta na moda como suporte de manifestações artísticas de alguns criadores, como Ronaldo Fraga.

O grande momento da Bienalsur aconteceu no último dia 2 de novembro, com a abertura da mostra Gênesis – Cultura sem Fronteiras. Assinada pelo estilista Ronaldo Fraga, o evento foi realizado no Hotel dos Imigrantes de Buenos Aires. Sede principal da Bienalsur, o local concentra o maior número de atividades artísticas do evento.

O caldeirão ardente de Ronaldo Fraga

Atletas, escritores, artistas plásticos e diversas personalidades da Argentina fizeram parte da performance criada por Ronaldo Fraga. Ele encontrou, na Bienalsur, o marco ideal para expressar e reivindicar a riqueza cultural dos sul-americanos.

Leia Mais...
1 of 15

 Atletas, escritores, artistas plásticos e  personalidades argentinos pisaram na passarela

Esse caldeirão de origens – no momento em que cresce a xenofobia, o medo e a rejeição ao outro – foi traduzido no desfile de 30 peças. Elas farão parte de uma exposição que pretende percorrer várias cidades. Para o desfile em Buenos Aires, Fraga também incluiu o resultado do desafio feito quatro jovens estilistas argentinos.

Em apenas 24 horas, os jovens transformaram um vestido branco criado por Ronaldo Fraga em “tela” artística. O processo foi documentado ao vivo. A trilha sonora do desfile esteve a cargo da cantora Charo Bogarín. Ela é tataraneta de um cacique guarani, e considerada um dos grandes referentes da nova música folclórica da Argentina.

Ronaldo Fraga realizou  duas palestras, uma no Distrito Audiovisual e outra no Centro Metropolitano de

Gênesis – Cultura sem Fronteiras, além de  dialogar, no Hotel de Imigrantes, com obras do Museu Reina Sofía, também fala com  artistas como Tatiana Trouve (Brasil); Romuald Hazoume (Benim); Mariana Telleria (Argentina), dentre outros.

Mais sobre Ronaldo Fraga

Estilistacenógrafo e autor brasileiro, proprietário das marcas Ronaldo Fraga e Ronaldo Fraga Para Filhotes, é formado em Design de Moda pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pós-graduado pela Parsons School of Design de Nova York, além de ter cursado matérias isoladas na Central Saint Martins de Londres.

Visite o site:www.bienalsur.org/

Leave A Reply

Your email address will not be published.