SEJA HYPE VOCÊ TAMBÉM

Sexo, para quem está louco para fugir da rotina

Ficou todo animadinho, confesse... É isso aí: se o tédio baixar, não precisa apelar para o canguru perneta. Que tal transar na cozinha, na sala, no...?

0 511

Quer novas aventuras na hora de transar e não sabe por onde começar? Então, anote aí algumas dicas de lugares básicos que você já usa no dia a dia, mas que talvez nem tenha se dado conta de que pode render boas e diferentes maneiras de fazer sexo. A sexóloga do C-date (www.c-date.com.br), Carla Cecarello, é quem dá as dicas.

Carla explica que, antes de se envolver em qualquer situação inusitada, mais importante do que o ambiente é acompanhar o ritmo sexual do casal, e do quanto a pessoa se sente confortável com a ideia de variar. “Vai depender, também, da intimidade que um tem com o outro, e do quanto eles estão entrosados. O fato é que sair do ambiente ‘cama’, de vez em quando, pode ser bem interessante”, afirma a sexóloga.

Muitos casais, inspirados, querem repetir cenas de sexo de famosos filmes, ocorridas na cozinha

A primeira sugestão de Carla é…faça sexo dentro de casa mesmo! Segundo a especialista, vale até mesmo começar a transa no quarto, por exemplo, e ir para a cozinha ou para a sala, imitando alguma cena picante de um filme.

“Às vezes, o casal está assistindo uma televisão e tem uma sala ou cantinho reservado para a televisão… Pode ser ali mesmo, enquanto ficam empolgados com alguma cena de filme. É um ambiente legal e incomum, dentro de casa, e mais confortável, diferentemente da cozinha, que, também, é bem diferente”, diz a especialista especializada em sexo.

Outro espaço interessante para fazer sexo é o automóvel. Segundo Carla, o sexo dentro do carro faz com que as pessoas se recordem de momentos da juventude, regados pelo impulso e pela euforia. “O casal, muitas vezes, pode optar por ter relações no carro para recordar alguns momentos de namoro, ou até fazer algo inusitado. É só tomar cuidado com o lugar onde vai parar o carro, porque se algum policial pegar, a pessoa pode ir parar numa delegacia. Então, escolha um local seguro e que não cause transtornos e constrangimentos. O momento deve ser de prazer”, adverte a sexóloga.

Piscina ou banheira? Por segurança, preservativos de silicone resistem debaixo d´água

Outra sugestão que pode ser bem aproveitada para a prática de sexo é a piscina ou a banheira. A especialista lembra que, atualmente, existem preservativos à base de silicone que podem ser usados, sem empecilho. Sobre transar na praia, a sexóloga comenta que, por precaução, é bom “fazer isso um pouco mais no fundinho”, para que ninguém veja”. (A não ser que o casal goste de plateia, é claro!)

Vale ainda aproveitar a areia da praia, durante a noite, desde que em lugar seguro, onde se pode desfrutar de um momento mais íntimo e, igualmente, marcante.

E,então? Gostou das dicas?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.