SEJA HYPE VOCÊ TAMBÉM

Vem Pra Rua cria “lista negra” de políticos para 2018

Você está enojado da política suja, dos escândalos e da corrupção brasileira? Então se ligue na lista “Tchau Queridos”, do Vem Pra Rua.

0 123

Produzida em parceria com o Ranking dos Políticos,  a lista do movimento Vem Pra Rua incluirá todos os parlamentares federais com ficha suja na justiça, e que tiveram mau desempenho no Congresso. Os critérios do ranking foram ampliados para compor com os critérios do Vem Pra Rua, resultando num índex negativo de parlamentares.

 

Vem Pra Rua fará um raio X dos políticos,  incluindo fichas sujas na lista”Tchau Queridos”

“A ideia é mostrar aos eleitores brasileiros uma espécie de ‘raio X’ dos políticos, para que eles possam escolher com conhecimento e consciência em 2018”, afirma Rogério Chequer, líder do movimento Vem Pra Rua. O “Tchau Queridos” irá analisar os congressistas a partir de critérios objetivos como: presença nas sessões do parlamento, gastos de gabinete, como votou nas mais importantes decisões dos últimos 3/4 anos, se está envolvido em processos judiciais e sua gravidade, formação acadêmica e filiação partidária, assim como mudanças de partido.

O Vem Pra Rua também levará em conta o posicionamento dos deputados e senadores em projetos e discussões de interesse público, “como o projeto Dez Medidas de Combate à Corrupção, a votação sobre o Fundo Público Eleitoral e a votação sobre o fim do Foro Privilegiado”, completa Chequer.

  O  movimento Vem Pra Rua é “a favor da democracia e da  ética na política”

A lista “Tchau “Queridos” do Vem Pra Rua será alimentada constantemente, de acordo com os critérios pré-definidos pelo movimento, e seu contraponto será o incentivo à divulgação de novos nomes para concorrer ao Congresso nas eleições de 2018. “De forma alguma, nosso objetivo é que nesta lista conste o Parlamento inteiro, mas o fato de um político estar na lista será um selo negativo para ele”, enfatiza Chequer.

Sobre o movimento Vem Pra Rua
O Vem Pra Rua é a favor da democracia, da ética na política e de um Estado eficiente e desinchado. É contra qualquer tipo de violência, condena todos os tipos de extremismo (separatismo, intervenção militar, golpe de Estado), e não compactua com governos autoritários. Não está associado nem é patrocinado por nenhum partido político e trabalha por um Brasil ético, justo, próspero e com oportunidades iguais para todos.

Leave A Reply

Your email address will not be published.